Folha de Maputo
2015-04-11 03:03:48 (UTC+02:00) Harare, Pretoria

Nyusi renova disponibilidade ao diálogo

O Presidente da República, Filipe Nyusi, manifestou ontem a disponibilidade do governo moçambicano de receber e dialogar com qualquer cidadão que queira discutir as suas ideias, sem nenhum tipo de perseguição ou maldade.

Durante um comício na cidade de Xai-Xai, capital da província meridional de Gaza, no âmbito da visita presidencial que realiza desde esta sexta-feira até próxima terça-feira, Nyusi sublinhou que o Governo não quer que os moçambicanos se matem uns aos outros apenas por causa da diferença de ideias.

O governo, segundo Nyusi, está ciente que não bastam as ideias dos seus membros porque existem outros moçambicanos, que não são membros do governo, com boas ideias que podem ser aproveitadas para enriquecer o seu programa de governação.

“Cada moçambicano tem que ter o seu espaço para expor suas opiniões sem maldade. O governo está a criar o bem-estar de todos e todos devem participar na edificação deste desiderato”, disse Nyusi.

O Chefe do Estado destacou que o povo está cansado de viver ameaçado e não quer mudar de casa todos os dias. Aliás, o povo quer viver bem e libre da guerra ou das calamidades naturais.

“Queremos que os moçambicanos vivam da mesma maneira em todo o país. Existem aqueles que dizem que os (residentes) do centro vivem mal porque tudo está no sul mas, mesmo no sul existem distritos onde os nossos compatriotas vivem mergulhados no sofrimento”, explicou o Chefe do Estado.

O viver bem que o governo procura, segundo Nyusi, significa mais emprego, mais produção para o consumo e para comercializar dentro e fora do país, mais estradas pavimentadas, mais pontes, mais criação de gado, exploração sustentável dos recursos minerais, da madeira e dos recursos pesqueiros.

Para o alcance deste e outros objectivos de desenvolvimento, segundo o Presidente, está actualmente em discussão na Assembleia da República o Programa Quinquenal do Governo para o período 2015- 2019 que espelha as aspirações do povo plasmadas no manifesto eleitoral que foi elaborado de acordo com a vontade popular.

“Vamos apoiar em massa a democracia. Temos que libertar a opinião de cada moçambicano em prol do desenvolvimento do pais”, disse Nyusi.

www.folhademaputo.co.mz
MCM
pormenor de visita presidencial em Gaza
pormenor de visita presidencial em Gaza
Nyusi renova disponibilidade ao diálogo
folha de maputo notícias rádio super fm Find more about Weather in Maputo, MZ